quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

"que venha o ano que vem" (ricardim)

(no fim de ANO conversANo, teclANO no MSN com um fulANO):




Di-ego no colo da "mamãe natureza" diz:


q 2009 seja 10 procê!


r i c a r d i m diz:


que venha o ano que vem






##################################################################################

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Matéria no Jornal Diário de Cuiabá (Edição nº 12305 30/12/2008)

Olá, pessoal!

Comi um pão com mussarela e presunto. Depois do cafesão tive uma boa notícia:

Hoje saiu uma matéria bem legal num Jornal daqui de Cuiabá (o Diário). Uma honra pra mim essa matéria!
Um abraço pro Ney Arruda (que conheci ao pesquisar na net sobre o novo disco ao vivo do Arrigo Barnabé), pro Lorenzo (o editor que me ligou e me tratou tão bem- ele disse que conheceu meu som ao escutá-lo no carro de uma amiga! Que legal saber que isso está "circulando por aí", "dando umas voltas") e pro Claudio (esse jornalista que, ao contrário de outros, tenta captar os detalhes)! Um "Parabéns pelo trabalho" pra esse pessoal aí!

Só uma pequena correçãozinha: o incentivo cultural para a gravação do cd com o Sindicato ("parte de nós") é da prefeitura de Goiânia...


Colo a reportagem aqui embaixo:

(Escuto o "Something Else With the Kinks", disco dos Kinks de 67. Depois escrevo sobre, pois tenho que sair aqui)

Falô!
:>)


################################################################################


http://www.diariodecuiaba.com.br/detalhe.php?cod=336009


Pra lá de promissor

Com 23 anos, Diego de Moraes (e o Sindicato), meio cuiabano, meio goiano, se destaca no cenário da música independente e passa férias em Cuiabá

Por:
Claudio Oliveira
Da Reportagem


Um novo talento. Uma cabeça ativa, com música e letras irreverentes e uma pegada especial, tropical, experimental. Diego de Moraes, um cuiabano de Senador Canedo/GO, está na sua terrinha natal pra passar o fim de ano com parentes e deu uma canja no MISC devidamente registrada no blog http://www.hellcity.blogger.com.br/ e nas fotos da Lígia Torres. Ele também estará hoje na rádio Fora do Eixo, entre 20 e 22 horas, fazendo um pocket show ao vivo.

Há uma semana mais ou menos o Diego entrou em contato com o nosso resenhista musical Ney Alves de Arruda comentando um texto do mesmo sobre Arrigo Barnabé. Ney, bom farejador, passeou pelo MySpace do Diego e sugeriu a pauta. O DC Ilustrado se esbaldou na sua página do Trama Virtual e no seu blog, inclusive baixando por sua sugestão uma versão da música O Mundo (Karnak) com uma equipe estelar incrível.

Bom, Diego é, por si só, um cara diferente. Aos 23 anos ele coleciona prêmios de música pelo Brasil afora e como ele disse: “Música era o futebol de final de semana. Agora...” está melhorando. O rapaz ganhou um incentivo do governo do Estado de Goiás e está gravando no ano que vem o seu primeiro CD, já que demos e EPs já circularam de maneira independente.

Diego é formado em história e está fazendo o mestrado na UFG. Sim, com 23 anos o cara é mestrando, inclusive, já tendo cursado algumas disciplinas como aluno especial. Seu projeto contempla o marginal Álvaro Vieira Pinto, professor de Paulo Freire e esquecido pela academia, mas isso é outro assunto.

Voltemos ao nosso, cada vez menos marginal, Diego de Moraes. O músico e compositor escreve desde muito novo, não que tenha deixado de sê-lo, mas começou a mostrar para os amigos e ser incentivado por estes a cantar recentemente. Diego tocava bateria e tendia para o punk rock. Ele separou sua história com a música em antes e depois da música “Todo Dia”, que está lá na Trama Virtual, e que ficou em terceiro lugar no concurso nacional do SESI Violeiros e MPB. “É engraçado que a música é meio rock e foi feita para irritar. Eu subi para cantar com a minha irmã de onze anos fazendo gaita e bateria”, disse Diego.

Outro ponto alto na carreira foi o concurso TacabocanoCD promovido pela Fósforo Records em dezembro de 2006 (mesmo ano do SESI) quando ganhou a gravação de um EP, lançado pelo selo Fósforo Records com o título Reticências em maio de 2007.

"Diego de Moraes se destacou na cena do rock independente goiano este ano, mas sua trajetória remete a 2001, quando começou tocando bateria em bandas de rock. Logo passou a artista solo, iniciou suas composições e assumiu voz e violão. No Festival Bananada de 2007 voltou a se apresentar com banda, show que lhe rendeu destaque na revista Rolling Stone Brasil. A imprensa especializada reconhece em Diego influências de Mutantes e Tom Zé. O público o identifica com Raul Seixas. O músico cita outras fontes de inspiração, como Walter Franco, The Who e Bob Dylan”, disse Carlos Brandão, no site da Trama. E não foi só a Trama, mas a TV Cultura, a Rolling Stones e outros críticos e veículos que perceberam a irreverência e a atitude deste jovem compositor que sem dúvida irá nos brindar com muitas outras pérolas.

Quando pergunto sobre a influência de Tom Zé, Diego confessa que já tinha ouvido falar dele, mas quando começaram a compará-lo com ele não sabia exatamente de quem estavam falando. Aliás, isto aconteceu com outras citações numa tentativa de enquadrá-lo em alguma categoria. “Não conhecia e fui conhecer e hoje quando falam isso fico muito constrangido até porque ele é um gênio”, fala modestamente Moraes.

A sua banda Diego de Moraes e O Sindicato é composta por Aderson Maia (baixo e sintetizador), Eduardo Kolody (guitarras e sintetizador), Gabriel Cruz (percussão), Chelo (percussão), Rogério Pafa (bateria) e o próprio Diego de Moraes com voz, violão, gargarejo, brinquedos, escova de dentes, extintor de incêndio, meia lua e bateria. Diego ainda sugeriu que citássemos a banda “Orquestra Abstrata” composta por elementos do Sindicato, são eles: Aderson, Eduardo e Pafa. Segundo Moraes, junto com a Pata de Elefante e o Macaco Bong, formam a tríade da música instrumental de peso brasileira. Está dado o recado. Caso pretende conhecer mais um pouco desta figura é só copiar e colar o endereço dos links abaixo. A sugestão é para você visitar a página do Diário de Cuiabá e lá control-C e control-V, né!?



LINKS

http://www.myspace.com/diegodemoraes

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=21327000

http://tramavirtual.uol.com.br/artista.jsp?idp=791778

http://diegodemoraes.blogspot.com/

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=21327000&refresh=1



Vídeos em:

http://www.youtube.com/watch?v=xRgGeV1fMtA

http://www.youtube.com/watch?v=HX6LKM0RQDc&mode=related&search

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Frase do ano

Minha amiga Ana Flávia me enviou por email essa do dr. Drauzio Fantástico que, segundo ela, é a frase do ano:

Amanhã (30/12) toco na Rádio Fora do Eixo (ESPECIAL FIM-DE-ANO)!





Web Rádio Fora do Eixo trará especial de fim-de-ano
"
Shows imperdíveis dos festivais da música independente como Varadouro, Goiânia Noise, Consciência Hip Hop e outros, participações especiais e pockets shows de bandas como Diego de Moraes constam na grade de programação.

A Rádio Fora do Eixo trará uma programação imperdível na próxima terça-feira, dia 30 de dezembro, das 20h às 22h (horário de Brasília).
(...)
Diego de Moraes direto de Cuiabá fará um pocket show ao vivo para os ouvintes da rádio Fora do Eixo.

O público que quiser enviar perguntas, mensagens e outras considerações para serem tecidas durante o programa, só enviar um email para o radio@foradoeixo.org.br, ou pelo Messenger radioforadoeixo@hotmail.com.



SERVIÇO

OQUE: ESPECIAL FIM-DE-ANO

(Shows imperdíveis dos festivais da música independente como o Calango, Varadouro, Goiânia Noise e outros, participações especiais e pockets shows de bandas como Diego de Moraes constam na grade de programação)

QUANDO: Dia 30/12 e dia 03/01 | 20h (horário de Brasília)


ONDE: WWW.foradoeixo.org.br







#######################################################

Ney Hugo
Espaço Cubo | Cubo Comunicação
tel: (65) 3052 0321
MSN: nhugo_@hotmail.com
_
www.espacocubo.org.br
www.foradoeixo.org.br
www.myspace.com/macacobong

O lado B e A Volta de Beto Rockfeller


Ontem (ou melhor... hoje) toquei aqui em Cuiabá, no Misc (Museu da Imagem e do Som de Cuiabá). Dei preferência para as minhas músicas que geralmente não toco em shows. Teve alguns "erros técnicos" pelo tempo que eu não tocava algumas daquelas cançõezinhas e pela quantidade de cerva na mente ... Mas foi bem legal tocar em um clima informal e descontraído. Foi muito bom pra fechar o ano!
(Essa foto aí em cima é da Lígia Torres, viu?)
:>)


Saiu até uma resenha do showzim em:

http://www.hellcity.blogger.com.br/



Domingo, Dezembro 28, 2008


_cobertura
Noite de despedida
Por Dríade Aguiar
Volume Comunicação



Diego de Moraes (sem o Sindicato)

Foto Por Lígia Torres

"De cabelos à altura da orelha, óculos escuros, meia cinza surrada e um all star branco sujo, sentado com o violão, o astro da noite - grito vindo da platéia -, Diego de Moraes começava o show. Aparentava ser meio tímido - talvez típicos dos goianos -, mas se mostrou bem ansioso e tagarela, interagindo bastante com o público. Pro seu retorno aos palcos cuiabanos - a última vez que ele tocou por aqui foi no Festival Calango deste ano - tentou trazer o seu lado b, já que segundo ele "o lado B de banda é sempre melhor, por exemplo, o The Beatles tem um lado b muito melhor", ou seja, algo que funcionasse só com o violão e sem sua banda, o Sindicato. Tocou uma música de seu amigo, o Fernando Simplista, a Pinote (disponível em seu MySpace). Além de Já pensei, Seu, Amigo - essa da banda - O Show vai continuar, Mentira - dedicata pra Rita! - e Boi Araújo - essa, no seu set list rasbicado minutos antes do show, tinha a anotação embaixo "Brigando com o Violão. Aliás, o set list dele é um show à parte, marca até a hora precisa que ele começou a fazer o show - 00:47 -. Só pra constar que ele durou até 02:15. No geral, Diego conseguiu deixar todo mundo íntimo, com seu vocal meio gargarejo e me senti como se tivesse num barzinho em Goiás, arriscando também uma música que ele vai colocar no MySpace até janeiro, de sua dupla sertaneja. Dupla essa, que ele jura encarnar um personagem brega, totalmente diferente dele. Espere muito de 2009 de Diego de Moraes e o Sindicato: foram aprovados pela lei de apoio à cultura e vão gravar um cd ano que vem.

Assim que Diego largou o violão, a chuvinha que ameaçava a noite toda, finalmente caiu (e não era tão chuvinha assim). Mas isso não é motivo pra noite parar: Frog retornou ao seu posto, e a noite seguiu dentro..."


(fecha aspas!)

###########################################################################################################################################################################









Depois do Misc fui com alguns amigos a um bar lá perto (Clube da esquina) em que tinha uma banda daqui "Mandala Soul", que tocou vários clássicos de Tim Maia. Foi bem divertido e me impressionou o tanto que o baixista deles toca bem (me lembrou a força melódica do baixo do Aderson, do Sindicatêra!). E pra minha surpresa a banda tocou músicas do Raulzito que geralmente ninguém toca: "Por Quem Os Sinos Dobram" e "Caroço de Manga".



Em "Por Quem Os Sinos Dobram" Raul me joga contra a parede:

"É sempre mais fácil achar que a culpa é do outro
Evita o aperto de mão de um possível aliado, é...
Convence as paredes do quarto, e dorme tranqüilo"

(Raul Seixas)


E já "Caroço de Manga" fez parte da trilha sonora da novela "A Volta de Beto Rockfeller" (1.973), que foi a primeira novela da Tupi a ganhar cor. É um grande rockão de Raul, que curto "pra caralho". Sente só a letra (e depois procure também a música!):


Caroço de Manga
Raul Seixas
Composição: Raul Seixas e Paulo Coelho


Sempre que eu lhe dou a mão
Você segura no meu pé
Eu faço tudo por você
Tudo o que você quiser

Eu quero uma colher de chá
No grande jogo do xadrez
Não quero ver você chorar
Não quero ver você chorar

Tou aqui pro que vier
Eu danço o que você tocar
É só dar corda no boneco
Tango, Rock ou cha-cha-cha

Não tenho nada a perder
Aquilo que pintar eu tô
Porque eu gosto de você
Porque eu gosto de você

Essa vida inteira é uma brincadeira
É só ficar quieto e não dar bandeira
Você chupou a manga até o fim
E só deixou o caroço para mim
E melhor que isso só carnaval

Pegue essa motocicleta
E vá mostrar quem é você
Bota o seu blusão de couro
Agora é que eu quero ver

Na arrancada do futuro
Sem nunca pedir arrego
Nos olhos cegos do morcego
Nos olhos cegos do morcego

Essa vida inteira é uma brincadeira
Eu fico feliz com qualquer besteira
Você chupou a manga até o fim
E só deixou o caroço para mim
E melhor que isso só carnaval

sábado, 27 de dezembro de 2008

Classificados N°1(Sérgio Sampaio)


É sempre bom encontrar uma música surpreendente de um artista que se admira, né?

Achei felizmente, meio que por acaso, uma canção do Sérgio Sampaio que eu ainda não conhecia, aqui na net, baixei em:

http://www.4shared.com/file/48597218/3211648e/Srgio_Sampaio-Classificados_N1.html?s=1


Essa canção é uma raridade que foi lançada em compacto de 1972 pela CBS, antes do "estouro" com "Eu quero é botar meu bloco na rua", lp lançado em 73. Sérgio chegou a receber em outubro de 73 o "Troféu Imprensa", o "Oscar brasileiro", do programa "Sílvio Santos", na TV Globo, como "Revelação de 72"!
Detalhe: Em março de 72 Sampaio conheceu o guitarrista Renato Piau nos corredores da CBS. (Vi e conversei com Piau quando, no ano passado, ele acompanhou Luiz Melodia no shopping Flamboyant em Goiânia em um belo show de voz e violão)

"Classificados N°1" é uma linda música com "Suingão", letra debochada, bem construída e irônica, com o vocal carismático do Sérgio, "metaleira", gaita gaiata e queda-blues! Simplesmente foda!


Acho que Sérgio estava ironizando a situação da época do "milagre econômico" (1969 e 1973) e isso antes do Rauzito Seixas (brother de Sérgio) lançar "Ouro de tolo", que é de 1.973, hein?
Creio que Sérgio estivesse ironizando o regime militar com os versos:

"Siga em frente, olha a direita, não pergunte, por favor!/Se você quiser comprar a minha briga/trocar segredos pela minha paz"

Mas, assim como "1984", tais versos trazem uma amplitude que alfineta tanto o autoritarismo militar, como a nossa sociedade do consumo. Por isso que penso que apesar do significado de documento histórico da canção ela não soa "datada"... talvez faça até mais sentido no nosso mundinho consumista.
Em tempos de crise econômica e medo de recessão, bem que o Lula poderia cantar:

"Compre tudo mesmo que não lhe interesse."

Saca só a letra...


####################################

Classificados N°1(Sérgio Sampaio)




Se você quiser saber saber se custa menos
Quiser saber quem vale mais
Leia os classificados, publicados nos jornais
Leia os classificados, publicados nos jornais

Ou então, entre na fila
Ou então, entre na fila
Ou então, entre na

Se você quiser saber se eu estou vivo
Quiser saber quem sabe mais
Leia os classificados, publicados nos jornais
Leia os classificados, publicados nos jornais

Ou então, entre na briga
Ou então, entre na briga
Ou então, entre na

Compre tudo mesmo que não lhe interesse
feiche os olhos, vire a mesa.

Onde é que eu estava mesmo, meu amor?

Ah!
Compre tudo mesmo que de tudo um pouco
Siga em frente, olha a direita, não pergunte
por favor!

Se você quiser comprar a minha briga
trocar segredos pela minha paz
Leia os classificados, publicados nos jornais
Leia os classificados, publicados nos jornais

[Ou então, entre na minha
Ou então, entre na minha
Ou, ou então, entre na
aaaah...humhum...

Compre tudo mesmo que não lhe interesse
feicha os olhos, vire a mesa.

Onde é que eu estava mesmo, meu amor?

Compre tudo mesmo que de tudo um pouco
Siga enfrente, olha a direita, não pergunte
por favor!]


Compre tudo mesmo que não lhe interesse
feiche os olhos, vire a mesa.

Onde é que eu estava mesmo, meu amor?

Ah!Compre tudo mesmo que de tudo um pouco
Siga enfrente, olha a direita, não pergunte
por favor!


...

O mundo- Karnak


Aqui em Cuiabá ando lendo pracaramba e escutando muitos sons.
Aproveitando a net aqui na casa da minha tia tô baixando muitas coisas bacanas.
Uma das mais bacanas que encontrei foi a canção "O Mundo" (que eu já conhecia com o Ney Matogrosso e o Pedro Luiz e a parede) com Mônica Salmaso, Ná Ozzetti, Virgínia Rosa, André Abujamra, José Miguel Wisnik, Luiz Tatit, Arnaldo Antunes, Karnak & Orquestra Jazz Sinfônica.

Baixei em:

http://www.4shared.com/file/72033108/96acad7e/mnica_salmaso_n_ozzetti_virgnia_rosa_andr_abujamra_jos_miguel_wisnik_luiz_tatit_arnaldo_antunes_karnak__orquestra_jazz_sinfnica_-_o_mundo.html?s=1


Lindo o arranjo da orquestra!
É de arrepiar e para escutar no foninho...

Sente só a letra:



O Mundo
Karnak
Composição: André Abujanra / Karnak


O mundo é pequeno pra caramba
Tem alemão, italiano e italiana
O mundo filé milanesa
Tem coreano, japonês e japonesa

O mundo é uma salada russa
Tem nego da Pérsia, tem nego da Prússia
O mundo é uma esfiha de carne
Tem nego do Zâmbia, tem nego do Zaire

O mundo é azul lá de cima
O mundo é vermelho na China
O mundo tá muito gripado
O açúcar é doce, o sal é salgado

O mundo caquinho de vidro
Tá cego do olho, tá surdo do ouvido
O mundo tá muito doente
O homem que mata, o homem que mente

Por que você me trata mal
Se eu te trato bem
Por que você me faz o mal
Se eu só te faço o bem

Todos somos filhos de Deus
Só não falamos as mesmas línguas
Todos somos filhos de Deus
Só não falamos as mesmas línguas

Everybody is filhos de God
Só não falamos as mesmas línguas
Everybody is filhos de Ghandi
Só não falamos as mesmas línguas

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Sonhei

São 02:37 de mais um dia, de mais outra madruga.
Em frente ao pc pensando em você.
Vivendo e escutando outra música do Luiz Tatit:



Titulo da Música: Sonhei
Artista: Luiz Tatit


Letra:

Sonhei que estava dentro do seu sonho
E não podia me expressar
Meu sonho era tão tímido e confuso
Mal consigo recordar

Seu sonho sim causava sensação
Brilhante como poucos sonhos são
Seu sonho tinha tudo resolvido
Tudo fazia sentido
Mesmo sem interpretação
Meu sonho estava ali tão deslocado
Um simples conteúdo sublimado
Se ao menos pra livrar-me desse estado
Alguém tivesse me acordado

Mas tive a sensação que foram horas
Foram dias foram meses
Em que tive o privilégio
De estar sempre ao seu lado
É claro que seria bem melhor
Se você tivesse reparado

Mas nada no meu sonho
Abalava o seu ar imperial
Meu sonho estava dentro do seu sonho
Que era o sonho principal

Sonhei que nem mesmo dentro do seu sonho
Haveria solução
Sonhei que achei um meio infalível
De chamar sua atenção
Sonhei que não havia mais ninguém
Você iria então olhar pra quem?

Sonhei que estando ali tão disponível
Sendo o único possível tudo acabaria bem

Sonhei que você veio pro meu lado
Meu coração bateu descompassado
Sonhei que seu olhar no meu olhar
Já estava um pouco desfocado
Sonhei que pressenti alguma coisa
Que corria ao seu encontro
Que por mais que eu corresse
Chegaria atrasado
Sonhei que nosso encontro foi etéreo
Você tinha evaporado
Mas tenho que dizer
Sonhei o sonho que sempre sonhara sonhar

Você, sentindo a força do meu sonho
Fez de tudo pra acordar







Desenho de Natasha Xavier

Férias?



É simplesmente impossível tirar férias de você mesmo...

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Vida Seca...

Vidas Secas foi um livro que li quando eu estava na 8a série. Na época: fiquei com as imagens na minha cabeça por um bom tempo. Toda aquela crueza.

Sinto que já passa da hora de re-lêlo...

Soube que em comemoração aos 70 anos dessa obra-prima de Graciliano, o fotojornalista Evandro Teixeira registra o atual sertão nordestino:



Vidas Secas - 70 anos
Graciliano Ramos
Fotos: Evandro Teixeira
(Record)
208 págs.
R$ 99



" - Fabiano, você é um homem, exclamou em voz alta. (...) pensando bem, ele não era homem:
era apenas um cabra ocupado em guardar coisas dos outros. Vermelho, queimado,
tinha os olhos azuis, a barba e os cabelos ruivos; mas como vivia em terra alheia,
cuidava de animais alheios, descobria-se, encolhia-se na presença dos brancos e julgava-se cabra."

Em Cuiabá



Cheguei no último dia 21 aqui na minha terrinha natal. Vim aproveitar o recesso de fim de ano e passar a passagem do ano com meus familiares por parte de pai.

É sempre muito bom ser bem recebido por quem se ama... :>)

Ontem (segunda) almocei na casa de uma tia, discuti na net com alguém à tarde (e estou triste por causa disso) e saí com amigos.
Tomei um "chop no shop", tirei foto com papai Noel, comi "baguncinha" (em Goiás se fala X-Salada), etc.

São 2h32min no horário cuiabano.

Quando paramos para comer um "baguncinha", veio um hippie falando que não era mendigo, que em seu trabalho tinha uma ideologia e uma essência e aquele papo todo... Comprei um violãozinho que ele fez em poucos minutos com um fio.
Ele perguntou se eu era músico e eu respondi:
"é... componho algumas coisinhas..."
Daí ele disse:
"Massa! Acho muito bonito... pena que não é valorizado...
quem tem essência só é, muitas vezes, ouvido após morto, né?"(...)

Eu estava lendo o blog do Tom Zé que propõe a leitura de "Arriscar o Impossível", de Slavoj Zizek, Editora Martins Fontes, que segundo Tom, mexe em conceitos sedimentados e os discute de maneira às vezes bem provocadora.

Mais um livro pra minha lista que pretendo ter...


###############################################################################################################################################################################################################################################################

Li na comunidade do orkut oficial do Júpiter Maçã:

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=23973282

, a triste notícia que os shows de dezembro foram cancelados...
Sua irmã, Cláudia Basso, deixou o seguinte nobre recado postado na comunidade:


"
Shows cancelados: poderiam ter sido evitados!
Há meses estou pedindo aos "marcadores de shows" para que não marcassem mais nenhum, até que Júpiter Maçã cumprisse com rigor o seu tratamento para o alcoolismo. Meus pedidos de irmã que ama e protege, assim como as ordens médicas, foram menosprezados: respeitar de modo sagrado o período do tratamento, tanto para a desintoxicação física (inicial), como o período de desintoxicação moral (percepções errôneas em relação a fatos, pessoas e a si mesmo), este período pode ser curto ou longo, mas de um modo mais ameno e não menos alerta, deve ser trabalhado ao longo da vida. O período inicial foi respeitado, já o segundo não, de modo conveniente. Evitar contatos de trabalho foi uma exigência que não foi cumprida. Quero deixar claro que se shows foram desmarcados não foi por falta de avisos ou pedidos. Um artista exigente e que ama seus fãs, como Júpiter, não desmarcaria por livre e espontânea vontade e por isso não o fez. Júpiter é um obstinado por seu trabalho, tanto que ignora problemas de sua própria saúde. Aos fãs, fiéis, amáveis e adoráveis, não é preciso pedir compreensão, pois estes a tem. E é a estes fãs que dou satisfações reais e não meros pedidos de desculpas. A credibilidade de quem brinca com o nome de um artista da grandeza de Júpiter Maçã é duvidosa, principalmente quando ignora-se seu estado emocional e físico. Por isso, para preservar a saúde, a vida, o talento de Júpiter Maçã e o caso de amor seríssimo entre ele e seus fãs, deixo aqui registrado novos números de contato para shows e entrevistas: 11 99134530 e 11 47088658, com Cláudia Basso.
Considerando que a nova fase de Júpiter Maçã está em construção (tratamento + ensaio com nova banda), conta-se a partir de hoje um afastamento de quatro a oito meses, podendo haver alterações. Os manterei informados. Que o sopro dos novos ventos nos tragam fantásticas inspirações, surpreendentes como as de todos os tempos, mas desta vez, envoltas numa límpida e pura energia cósmica. Um grande abraço a todos,"

Cláudia Basso


(fecha aspas)

Esse ano tivemos o privilégio de abrir um show do Júpiter em Goiânia e
Torcemos pela sua recuperação, pois este gênio é nosso herói!

(...)

Fico triste, pois me lembro da situação que vivenciei em casa, da luta do meu pai contra o alcoolismo...

Foda!

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Tempestade em um copo d'água

Um imbecil pensou que:

(...)


Era uma vez um menino meio "tosqueira", que se sentia uma "borboleta sem flor", pois não tinha um par pra valsa...

Ele dizia pros seus amigos que era ateu,
mas de repente (de repente não mais que de repente, como dizia seu tio safado- um tal de Vinicius) o garoto começou a desconfiar que Deus pudesse mesmo existir.

Agora, ele só está com medo de acordar logo ou de Deus estar sacaneando com ele...

mas ele se lembra que "é sempre bom lembrar que um copo vazio está cheio de ar" (como já cantou gil)

e que isso não é só um copo...
(reticências)

"Bem, é o que acho dos relacionamentos hoje. São totalmente irracionais, loucos e absurdos"

concordo com o Wood...

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Poxa morte!

Poxa vida!

Por que sou tão idiota de perder tanto tempo da minha existenciazinha pensando em você?

Vou acabar perdendo meu medo de cair...
Me safo? Não pulo? um tiro no escuro...

Escuro ou não...

...
adiós
adiós

...
e o seu ponto heim?
dormi no ponto?
assinei o ponto.
Pronto.
Ponto final?


################################################


"Eu deveria parar de beber, pois não estou fazendo bem a quem me ama" (canto internamente a canção do Júpiter... andando só pela madrugada...)


E logo começo a declamar pra mim mesmo a canção de Nelson Cavaquinho:


Luz Negra
Composição: Nelson Cavaquinho

Sempre só
Eu vivo procurando alguém
Que sofre como eu também
E não consigo achar ninguém

Sempre só
E a vida vai seguindo assim
Não tenho quem tem dó de mim
Estou chegando ao fim

A luz negra de um destino cruel
Ilumina um teatro sem cor
Onde estou desempenhando o papel
De palhaço do amor

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Sobre o "Palhaço da Música" no Palácio da Música (Goiânia Noise)


Foi muito bacana tocar lá...
embora, talvez fosse mais legal tocar no palco menor...
pois, pra mim, show é que nem sexo: quanto mais apertadinho, melhor...
Tô numa correria danada aqui vivendo a vida real, elaborando provas, fechando o bimestre, dormindo muito pouco (quase nada) e etc. e tal.

Depois escrevo algo aqui sobre qualquer coisa aí...

Mas, por enquanto, já me mandaram (aqui por esse mundo virtual) algumas notícias que sairam sobre o "nóis no Noise-2008":


muito bacana a materia sobre as novas bandas goianas no Metrópolis (da Tv Cultura). Uma honra pra mim, pois sempre assisto esse programa. Falam do Demosonic (que sou fãzaço!) e o Helio polemiza dizendo que Goiânia é deprimente...heheheh. Aí vai o link:

http://tvuol.uol.com.br/#view/id=metropolis--goiania-noise-festival-04023068DCB93326/user=92db81ral8qx/date=2008-11-27&&list/type=group/codProfile=hl5bkfhblmb9/tags=4893,144/



tambem saiu uma resenha muito positiva aqui:

http://www.coquetelmolotov.com.br/pt/materias.php?cod=94
(Palavras: Jarmeson de Lima):

"No primeiro dia, tive inicialmente o prazer de rever o show do “garoto-prodígio” Diego de Moraes. Há exatamente um ano atrás, Diego tinha sido uma das boas revelações do mesmo festival ao tocar no palco menor, com uma estrutura de som que mostrava apenas 50% de seu potencial. Vale salientar que na grande leva de bandas goianas que tocam frequentemente no Noise, nem todas estão ainda prontas para deslanchar. Mas impressiona justamente quando uma dessas surge e se destaca. Pois bem, neste ano, tocando no teatro, com uma acústica adequada e com uma banda maior, Diego de Moraes apresentava seu pop-folk-mpb-freak. É uma tarefa difícil definir o som do garoto, que mora, na verdade, em Senador Canedo, cidade-dormitório da Região Metropolitana de Goiânia. Bastaria dizer que em suas músicas, apresenta boas referências a malditos da MPB como Itamar Assumpção, Sérgio Sampaio e Tom Zé. O resultado agrada e serve como um bom cartão de visita para o que viria adiante."



http://www.ambienteskateshop.com.br/site/index.php

http://www.youtube.com/watch?v=yL2x71YBs6k


http://www.vidanaweb.net/?p=59

"Diego de Moraes e O Sindicato - não me agrada, mas é diferente, é legal, apesar de parecer retratar aquelas bandinhas felizes que cansamos de escutar durante os anos de nossas vidas que vamos, nos parecidos, quase iguais, festivais underground. Dentre as 3 “do goiás” a melhor até agora."

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Filhos de Maria e Madalena no Projeto 5ªtiva


data:
13/11/08
hora: 20:00
detalhes:
Show com Filhos de Maria e Madalena.
Discotecagem de Múcio, Angelo Martorell, Abdala e Pedro
Ingresso: $ 3,00
Local: Centro Cultural Martim Cererê

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Farinha do desejo (Waldi e Redson)

Ontem gravamos (toscamente) "Farinha do desejo", sucesso de Waldi e Redson. O Chelo postou essa bagaça no myspace dele:

http://www.myspace.com/yellowfinger666


Yellow Finger é Loucura do brother geniozinho!!!!!


Massa!

Ajuda o Gurciws vir no Noise!!!!!!

Promoção Barulho Trama Virtual - Eu Sou Um Pequeno Panda
http://www.youtube.com/watch?v=uhmFlVFhuwI


GURCIUS GEWDNER diz:


"DO DIA 7!!!!!! DEI UPLOAD NO YOU TUBE AS 23:52 DO DIA 7/11,para poder participar da promoção "FAÇA BARULHO PRA IR AO NOISE" promovida pela Trama Virtual que leva o vencedor ao Goiania Noise.
A proposta é fazer um filme sobre barulho, foi o que saiu, o patinho feio ambientado ao som industrial d 'ABESTA e Krzysztof Penderecki, a teoria da libertação através do barulho... Delicia total.

Como foi montado as pressas, talvez eu coloque uma versão diferente dele por aí dentro de alguns dias, com algumas mudanças na imagem, trilha e talvez nos cortes.

EU SOU UM PEQUENO PANDA (Gurcius Gewdner, 2008)

Escrito, filmado, Seleção musical , produzido e editado por GURCIUS GEWDNER

Baseado no livro de FRANÇOIS CROZAT
e em argumento de ROGOROWSKY.

Estrelando Mulamba, Mini Mulamba, Lurdes Etezilda Etezinho, Isis Elefantisis Felitisis, Zimmer, Suzuki Bata e Cinzinha Cinzão.

Seleção musical de
GURCIUS GEWDNER




Trilha pra vencer na vida: ABESTA"

sábado, 8 de novembro de 2008

Perro Loco 2!!!

Perro Loco 2
Pessoal, estaremos tocando no Perro Loco, no sábado (08/11).

E o que é melhor, é de graça!!!!

Perro Loco é umFestival de Cinema Latino Americano!
Vai ser lá no Campus II da UFG.

Tá ai a programação:
08/11 - 21:00h - Palco Viramundo (Campus II - UFG)
22:00 Umbando (GO)
22:40 Johnny Alfredo e seus Neurônios (GO / MG)
23:20 Los Muertos Vivientes (ES)
00:00 Club Silêncio (DF)
00:40 Diego de Moraes e o Sindicato(GO)
01:20 Porcas Borboletas (MG)
Mais informações: www.perroloco.com.br

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Goiânia Noise Festival 2008

SEXTA FEIRA 21/11


01:20 Marcelo Camelo palco Monstro -
http://www.myspace.com/marcelocamelo

00:40 Black Lips (USA) palco TramaVirtual -
http://www.myspace.com/theblacklips

00:00 Vaselines (Escócia) palco Monstro -
http://www.myspace.com/thevaselinesband

23:30 Lucy And The Popsonics (DF) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/lucyandthepopsonics

23:00 Frank Jorge (RS) palco Monstro -
http://www.myspace.com/frankjorgemania

22:30 Motherfish (GO) palco TramaVirtual -
http://www.myspace.com/motherfish

22:00 Canastra (RJ) palco Monstro -
http://www.myspace.com/canastra

21:30 Continental Combo (SP) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/continentalcombo

21:00 Calumet-Hecla (USA) palco Monstro -
http://www.myspace.com/calumethecla

20:30 The Backbiters (GO) palco TramaVirtual -
http://www.myspace.com/thebackbiters

20:00 Mickey Junkies (SP) palco Monstro

19:30 Holger (SP) palco TramaVirtual -
http://www.myspace.com/myholger

19:00 Diego de Moraes e o Sindicato (GO) palco Monstro
-
http://www.myspace.com/diegodemoraes

18:40 Demosonic (GO) palco TramaVirtual -
http://www.myspace.com/demosonic

18:10 Gloom (GO) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/gloommp3


SÁBADO 22/11


01:20 Instituto (SP) palco Monstro - http://www.myspace.com/instituto
00:40 The Flaming Sideburns (Finlandia) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/theflamingsideburns
00:00 Black Mountain (Canada) palco Monstro - http://www.myspace.com/blackmountain
23:30 Black Mekon (Inglaterra) palco TramaVirtual - www.myspace.com/blackmekon
23:00 Cabruêra (PB) palco Monstro - http://www.myspace.com/cabrueramusic
22:30 MQN (GO) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/mqn
22:00 The Dead Rocks (SP) palco Monstro - http://www.myspace.com/thedeadrocks
21:30 Gangrena Gasosa (RJ) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/gangrenagasosa
21:00 Os Ambervisions (SC) palco Monstro - http://www.myspace.com/osambervisions
20:30 Black Drawing Chalks (GO) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/blackdrawingchalks
20:00 Guizado (SP) palco Monstro - http://www.myspace.com/guizado
19:30 Amp (PE) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/amprockrecife
19:00 Mugo (GO) palco Monstro - http://www.myspace.com/mugobr
18:40 Mersault e Maquina de Escrever (GO) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/mersaulteamaquina
18:10 Cicuta (GO) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/cicutabr


DOMINGO 23/11


00:20 Helmet (USA) palco Monstro - http://www.myspace.com/helmetrocks
23:20 Inocentes (SP) palco Monstro - http://www.myspace.com/inocentes
22:40 Periferia SA (SP) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/periferiasapunkrock
22:00 Claustrofobia (SP) palco Monstro - http://www.myspace.com/claustrofobia
21:30 The Tormentos (ARG) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/thetormentos
21:00 Loop B (SP) palco Monstro - http://www.myspace.com/loopb
20:30 Mechanics (GO) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/wwwmyspacecommechanics
20:00 The Ganjas (Chile) palco Monstro - http://www.myspace.com/theganjas
19:30 Bang Bang Babies (GO) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/bangbangbabies
19:00 Motek (Bélgica) palco Monstro - http://www.myspace.com/motektheband
18:30 Hillbilly Rawhide (PR) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/hillbillyrawhide
18:00 Heaven's Guardian (GO) palco Monstro
17:40 Goldfish Memories (GO) palco TramaVirtual - http://www.myspace.com/g0ldfishmemories
17:10 Figado Killer (GO) palco TramaVirtual

domingo, 19 de outubro de 2008

Pessoal firmêza lá de Rondônia!

Estou aqui ouvindo a Porto Velho Caos, rádio lá de Rondônia:


www.pvhcaos.com.br

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Goiânia em Cena 2008



Sétima edição do Goiânia em Cena movimenta a cidade
O Goiânia em Cena 2008 – Festival de Artes Cênicas - mais uma vez movimenta a cidade com espetáculos nacionais consagrados, nas vertentes teatro, dança e circo. Entre os dias 24 de outubro e 04 de novembro, Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro, Centro Cultural Martim Cererê e Teatro Goiânia recebem espetáculos locais e grandes produções nacionais. Na programação grupos como a Cia Armazém de Teatro e os Ciclomáticos (RJ), as companhias de dança Cisne Negro e Raça (SP) e os palhaços do grupo LaMínima (SP).

A Mostra Local, este ano foi dividida em duas mostras distintas compostas por dez espetáculos indicados por uma comissão de seleção composta pelos especialistas Aguinaldo Moreira de Souza (PN), Roseli Bodnar (TO) e Vicente Concilio (SC). A Mostra Palco conta com seis montagens, sendo quatro peças teatrais e dois espetáculos de dança.

A Mostra Espetáculos de Rua, que acontece dia 24 de outubro, aniversário de Goiânia, em parques e espaços alternativos da capital trará quatro atrações em oito apresentações que prometem movimentar a cidade.

A programação inclui ainda a Mostra de Cinema Dos Palcos à Tela, que exibe filmes relacionados às artes cênicas. Na telona, O Tablado e Maria Clara Machado, documentário de Creuza Graviana (RJ) e As Cinzas de Deus, de André Semenka (MG). O Cine Goiânia Ouro apresenta ainda uma programação especial em homenagem ao Dia Internacional de Animação.

Mais uma vez o festival promoverá debates sobre os espetáculos locais selecionados para a Mostra Palco, com a participação de especialistas locais e nacionais. O Goiânia em Cena oferece também oficinas e cursos relacionados às três linguagens cênicas abordadas pelo festival, shows musicais e uma programação paralela que acontece na Casa das Artes.

Outro diferencial desta edição é que além premiar personalidades de destaque, por seu trabalho em prol das artes cênicas, um dos grupos locais será contemplado com o Prêmio Goiânia em Cena, uma forma de incentivar a circulação da produção goiana.


Confira a programação do Goiânia em Cena 2008:


24/10 [sexta-feira] Mostra de Rua e Espaços Alternativos
10h e 11h – Parque Areião - TRUPE SHOW (GO) - Circo/livre - 30'
Espetáculo: Sapequinha, o Mágico Ecológico

10h e 15h – Mutirama - Grupo de Theatro Arte & Fogo (GO) – Infantil/livre - 30'
Espetáculo: O Contador de Histórias do Cerrado

9h30 – Parque Vaca Brava - Aqui, lá, quá . . . (GO) - Dança/livre - 50'
Espetáculo: Projeto de Dança Contemporânea Itinerante Aqui, lá, quá ...

18h30 – Parque Flamboyant - Aqui, lá, quá . . . (GO) - Dança/livre - 50'
Espetáculo: Projeto de Dança Contemporânea Itinerante Aqui, lá, quá ...

10h30 – Bosque dos Buritis - Circo Lahetô (GO) - Circo/livre 60'
Espetáculo: Acroloucos - (entrada franca)

19h30 – Circo Lahetô - Circo Lahetô (GO) - Circo/livre 60'
Espetáculo: Acroloucos - (entrada franca)


25/10 [sábado]
20h – Teatro Goiânia - ingressos: R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia
Cisne Negro Cia. de Dança (SP) – Dança/livre – 60'
Coreografias: Revoada/Danses Concertantes/ 1,2 ...7

23h – Grande Hotel - ingressos: R$ 15,00 inteira e R$ 7,00 meia
Coletivo em Cor (SP) – Drama/14 anos – 55'
Espetáculo: Negrinha


26/10 [domingo]
19h – Teatro Goiânia Ouro - ingressos: R$ 15,00 inteira/ R$ 7,00 meia
Esqueteria Macacos (GO) – Regional/14 anos – 60'
Espetáculo: No Coração do Brasil

21h – Centro Cultural Martim Cererê – Teatro Pyguá - ingressos: R$ 15,00 inteira/ R$ 7,00 meia
Os Ciclomáticos Cia. de Teatro (RJ) – Drama Suspense/18 anos – 60'
Espetáculo: A Corrente de Eléia


27 [segunda-feira]
19h – Centro Cultural Martim Cererê – Teatro Pyguá - ingressos: R$ 15,00 inteira/ R$ 7,00 meia
Os Ciclomáticos Cia. de Teatro (RJ) - Drama Suspense/18 anos – 60'
Espetáculo: A Corrente de Eléia

21h – Teatro Goiânia - ingressos: R$ 20,00 inteira/ R$ 10,00 meia
Raça Cia. de Dança de São Paulo (SP) – Dança /livre – 60'
Coreografias: Tango Sob dois Olhares / Caminho da Seda


28/10 [terça-feira]
19h – Centro Cultural Martim Cererê – Teatro Pyguá - ingressos: R$ 15,00 inteira/ R$ 7,00 meia
Cabessa de Vaca Cia de Teatro (GO) – Drama/14 anos – 60'
Espetáculo: Bodas

21h – Teatro Goiânia Ouro - ingressos: R$ 15,00 inteira/ R$ 7,00 meia
Cia de Teatro Nu Escuro (GO) – Comédia/12 anos - 60'
Espetáculo: O Alienista


29/10 [quarta-feira]
19h – Teatro Goiânia Ouro - ingressos: R$ 15,00 inteira/ R$ 7,00 meia
Rodrigo Cunha e Rodrigo Cruz (GO) – Dança contemporânea/12 anos – 45'
Espetáculo: Dúplice

21h – Teatro Goiânia - ingressos: R$ 20,00 inteira/ R$ 10,00 meia
Armazém Companhia de Teatro (RJ) – Drama/18 anos – 1'50"
Espetáculo: Toda Nudez Será Castigada


30/10 [quinta-feira]
21h – Teatro Goiânia - ingressos: R$ 15,00 inteira/ R$ 7,00 meia
¿Por-quá? Grupo Experimental de Dança (GO) – Dança/livre – 60'
Espetáculo: Dançadeira


31 [sexta-feira]
21h – Teatro Goiânia Ouro - ingressos: R$ 15,00 inteira/ R$ 7,00 meia
Cia In Cena (GO) – Comédia/18 anos – 60'
Espetáculo: Mulheres Privadas


01/11 [sábado]
20h – Teatro Goiânia Ouro - ingressos: R$ 15,00 inteira/ R$ 7,00 meia
Lavinia Bizzoto (GO) – Dança contemporânea – 20'
Espetáculo: Na Dobra do Tempo
Teatreólico (RJ) – Drama/14 anos – 60'
Espetáculo: A Segunda Atitude


02/11 [domingo]
20h – Teatro Goiânia Ouro - ingressos: R$ 15,00 inteira/ R$ 7,00 meia
Mauricio de Oliveira (GO) – Dança/14 anos – 45'
Espetáculo: Fragile


03/11[segunda-feira]
21h – Teatro Goiânia Ouro - ingressos: R$ 15,00 inteira/ R$ 7,00 meia
La Mínima (SP) – Circo e Teatro/livre – 45'
Espetáculo: Reprise


04/11 [terça-feira]
21h – Teatro Goiânia Ouro - ingressos: R$ 15,00 inteira/ R$ 7,00 meia
La Mínima (SP) – Comédia/12 anos – 60'
Espetáculo: A Noite dos Palhaços Mudos



--------------------------------------------------------------------------------

Goiânia em Cena 2008
Alessandra Alves - Assessoria de Imprensa
Tels: 62 9299 3141 | 3524 1712 | 3524 1753
E-mails: alealvescultura@gmail.com | goianiaemcena2008@gmail.com

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Exposição de ilustrações em Goiânia


Tenho muito a dizer sobre os últimos dias aqui, mas estou muito cansado para.
Ontem comecei a dar (ou melhor vender...) aulas pela parte da manhã tambem.
ufa!

Por enquanto vai um flyer de uma exposição de ilustrações que vai rolar agora na sexta com festa de abertura e tal!

domingo, 5 de outubro de 2008

Votem na Impune no concurso do Caldeirao do Huck!

O Eltin, ou rols, (batera com quem eu tive o privilégio de tocar em momentos importantes na minha vida em 2007, como o No Capricho, o Noise, o Bananada, o lançamento do ep, etc.) toca na Impune
Eles estão participando do concurso "Olha Minha Banda".
Formada no início de 2007, a banda Impune, de Goiânia, Goiás, toca um rock com influências diversas como Anberlin, Paramore e Foo Fighters. Confira a música “Pra você”:


http://tvglobo.caldeiraodohuck.globo.com/olhaaminhabanda/2008/09/30/impune/

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Brasileirice for export‏


Matéria sobre a coletânea no Diário da Manhã de hoje, 3 de outubro de 2008:

Brasileirice tipo exportação

Bandas goianas participam de coletânea que será distribuida na França e Bélgica.


quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Filhos de Maria e Madalena na Rádio Universitária

Estaremos hoje, às 17 hs, no Programa Panorama na Rádio Universitária- Goìânia.

Circo do Rock


Tocaremos no dia 03/10, no Martim Cerêrê (Goiânia):

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Vídeos no Varadouro (SambaPunk)


Foto: Daniele Pereira


Uma cortesia do site www.sambapunk.com.br


"Construção" - http://www.youtube.com/watch?v=_mOQ_1rPe_w

"69" - http://www.youtube.com/watch?v=3VHrntHhbBE

"Sobrevivo" - http://www.youtube.com/watch?v=lOiXHonrlHc&feature=related




#################################################################


Resenha:

http://www.sambapunk.com.br/musica/varadouro-mercado


"E Diego Moraes, o que será que Diego Moraes quer fazer? Tomara que seja mais música! Ele é o cantor do grupo goiano Diego Moraes e o Sindicato. Foi nada menos do que uma das mais agradáveis surpresas, naquela noite. Meio Pelebrói Não Sei, meio The Feitos, meio com tempero de samba, meio brega, bem rock, bem descontraído. Diego Moraes e o Sindicato: um dos melhores shows da segunda noite do Varadouro. Procurem pelas músicas destes caras. Melhor: procurem por shows desses caras."

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Id e Ota na Rádio Pra Assistir




vi esse texto aqui:

http://destinoscruzados.wordpress.com/2008/09/22/radio-pra-assistir-3009/

Rádio Pra Assistir - 30/09Rádio Pra Assistir recebe novos nomes da música goiana
Segunda edição do projeto reúne a banda Kabiotó e a dupla Id & Ota

A segunda edição da série Rádio Pra Assistir privilegia a nova geração da música popular de Goiás. No próximo dia 30 (terça-feira), a partir das 19h30, o apresentador João Sobreira Rocha recebe, no auditório da Rádio Universitária, o trio Kabiotó e a dupla Id & Ota, formada pelos amigos Diego de Moraes e Fernando Simplista. O programa é aberto ao público e a entrada é gratuita.



No Rádio Pra Assistir, Diego de Moraes e Fernando Simplista encontraram a oportunidade de apresentar ao público um novo projeto: a dupla Id & Ota. Assim, os dois revelam um trabalho inédito, resultado de anos de amizade e um extenso repertório composto em parceria. O trabalho de Diego e Fernando enquanto dupla se difere do trabalho que os dois realizaram na banda Leigos (onde Fernando era o vocalista e Diego era baterista) e do grupo Filhos de Maria e Madalena, da qual fazem parte atualmente. A vida e a visão caótica que eles têm do mundo são as principais influências das canções de Id & Ota.



A Kabiotó é formada por Júnio Lamarca (voz, viola e violão), Gusttavo Barros (voz e percussão) e David Mamédio (baixolão). O som do trio é influenciado pelo folclore brasileiro e por grandes nomes da MPB como Zé Ramalho, Fagner e Zeca Baleiro. No repertório estão as canções de “Politizado?”, trabalho lançado em 2007. Com algumas releituras da música popular brasileira e composições próprias, a Kabiotó apresenta um som acústico, marcado pela simplicidade.

O Rádio Pra Assistir é um projeto de extensão da Universidade Federal de Goiás (UFG). O programa é produzido por estudantes de Comunicação e de Design Gráfico, sob a orientação da professora Tatiane Pimentel (Faculdade de Comunicação e Biblioteconomia - FACOMB). A proposta é do Rádio Pra Assistir é resgatar a Era de Ouro do Rádio através de programas de rádio-auditório e, ao mesmo tempo, oferecer uma opção gratuita de arte e lazer aos goianienses.

A Rádio Universitária transmitirá o programa ao vivo pela freqüência 870 AM e pelo site www.radio.ufg.br. Para a realização do programa, os alunos da UFG têm o apoio da Fundação Rádio e Televisão Educativa e Cultural (RTVE), do Pontão de Cultura República do Cerrado e do site OqueRola.com.

Serviço:
Evento: Rádio Pra Assistir, com Id & Ota e KabiotóData: 30 de setembro (terça-feira)
Horário: 19h30
Local: Rádio Universitára - Alameda das Rosas, nº 2200 (esquina com Avenida Anhanguera), Setor Oeste.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Estamos na Coletânea online Criolina e Brazuca

Coletânea online Criolina e Brazuca

A Criolina e a revista francesa Brazuca, acabaram de lançar a coletânea Criolina Globrazilian Grooves, reunindo 34 grupos e artistas que fazem "o novo groove do Brasil".

Está disponível para download gratuito em www.magazinebrazuca.blogspot.com

Bons downloads e bom proveito!!!
Revista Brazuca apresenta:

Criolina - Globrazilian Grooves


É em clima de festa que o projeto Criolina faz conexão com terras européias para lançar sua primeira coletânea oficial, a Criolina Globrazilian Grooves. São dois volumes disponíveis para download gratuito, apresentando 34 bandas que trabalham uma música brasileira moderna, atenta às misturas do resto do mundo.

E não é por acaso que essas misturas modernas representam o Criolina. O projeto tem base em Brasília, a capital do Brasil, uma cidade nova, influenciada por culturas do país inteiro, pela bela paisagem e pela arquitetura de Oscar Niemeyer. É nesse lugar que temos o privilégio de realizar uma festa semanal com circulação intensa de público, DJs e bandas nacionais e internacionais tão instigantes quanto o dia da semana em que a festa acontece: toda segunda-feira, há 4 anos.

A coletânea foi produzida em parceria com a revista Brazuca, uma publicação franco-brasileira com tiragem mensal de 30 mil exemplares, voltada para a cultura brasileira na Europa, distribuída em Paris e Bruxelas. A Brazuca também lançou, em fevereiro (juntamente com o selo Senhor F), uma coletânea dedicada ao rock independente brasileiro. Ambas estão disponíveis para download gratuito, com liberação de todos os selos e artistas envolvidos.

Links:

www.brazucaonline.org
www.criolina.com
www.myspace.com/festacriolina

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Fósforo no Prêmio Dynamite

A Fósforo está presente em quatro categorias do Prêmio Dynamite de Música Independente – melhores de 2007. Os indicados foram apurados através da consulta e sugestões de mais de 300 jornalistas, produtores e formadores de opinião do meio musical. A curadora Suzana Gnipper mais uma vez está a frente do trabalho este ano, ampliando a busca pelo que a cena produziu de melhor no ano passado. São mais de 440 indicados de todos os Estados em 22 categorias. É o maior mapeamento da cena independente brasileira que se tem notícia. A cerimônia de premiação será realizada em outubro deste ano, em São Paulo.

*Como votar: Para votar é muito simples, basta acessar o site www.premiodynamite.com.br, cadastrar um e-mail válido e aguardar o recebimento de link e a senha. De posse do link e da senha, você terá acesso a uma cédula exclusiva com todas as categorias e os indicados. E atenção: A votação vai até o dia 30 de setembro de 2008. Vote:

Categoria ÁLBUM ROCK

Na Categoria Melhor Álbum de Rock, duas bandas do casting da Fósforo estão concorrendo ao prêmio Dynamite. Johnny Suxx and the Fuckin Boys, com o álbum "Make up and Dream" (GO) e Revoltz, com o álbum "Beijo no Escuro" (MT).

Categoria ÁLBUM INDIE ROCK

Nessa categoria, também concorrem duas bandas da Fósforo: Charme Chulo, com "Charme Chulo" (PR) e Mezatrio com o também homônimo "Mezatrio" (AM).

Categoria REVELAÇÃO

Concorrendo com excelente prestígio à vaga de banda Revelação, a Diego de Moraes e o Sindicato (GO) foi uma das mais comentadas em 2007.

Categoria EVENTO
A VII edição do Festival Vaca Amarela aconteceu no início do mês e superou as expectativas. O festival agora espera seu voto na Categoria "Melhor Evento".

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

O melhor é o Lado B

As melhores músicas de minhas bandas favoritas acabaram no Lado B...

Um exemplo de um Lado Sem noção (no Jambolada):



segunda-feira, 22 de setembro de 2008

O que quero?

O Show-man se cansa
O Compositor não descansa.

Toda resenha é subjetiva

A subjetividade do texto é um assunto que interessa aos estudiosos de Hermenêutica. Se pronunciar sobre qualquer assunto implica em escolhas, que são marcadas pelos valores, gostos, cultura, visão de mundo do autor. Só se eu fosse uma anta positivista pra pensar o contrário.

Por exemplo, minha amiga Sika manifestou sua opinião contrária ao repertório que tocamos no Jambolada em seu blog:

http://blogdasika.blogspot.com/2008/09/festival-jambolada-2008-2-dia.html

segundo ela:

"Diego de Moraes e o Sindicato: Uma das bandas mais esperadas por mim na noite. Mas que com certeza, muitas pessoas presentes esperavam mais. A intenção foi muito boa em colocar as “Antigas músicas novas” no repertório, como: "Todo Dia" e "Música Estranha pra Pessoas Esquisitas", mas esta primeira, apesar de ser muito boa, fez o povo dar uma encostada na grade com as mãos no queixo para ficar olhando o Diego sozinho no palco. Um ponto a se observar é que eles também pecaram em tirar músicas que eram fundamentais, como "Deus Seja Louvado" e "Construção", ou então acrescentar "Desculpe-me mas vou cantar em português", que ao meu ver, seria uma ótima música para acompanhar o ritmo das outras. É muito triste uma fã de carterinha falar isso, mas é."


Não "é", mas é dentro de uma dada perspectiva.


Outra resenha, sobre o Calango, em:

http://independenciaoumarte.blogspot.com/2008/08/resenhas-de-shows-do-festival-calango.html

refletiu:

"Diego de Moraes e o Sindicatto: Muito se fala hoje em dia sobre esse cuiabano radicado em Goiânia, que agora começa a circular pelos diversos festivais, com suas músicas repletas de personalidade e atitude. O fato é que o rapaz consegue concentrar em si um excesso de atenção dos olhares, pelo fato de estar em performance, atuando o tempo inteiro enquanto está no palco. As músicas em geral são bastante pessoais e há uma busca por um surrealismo nas letras, e mesmo nas atitudes, acompanhado por uma banda bastante sintonizada com seus passos, mas que age como personagem secundário na farra que ele arma sob os holofotes. O lance, é que com o passar do show, tudo isso parece ser em excesso e causam um cansaço mesmo a quem se identifica com esse tipo de atitude e expressão. Talvez isso também seja fruto da falta de experimentação mais intensa na parte instrumental das músicas, que poderiam dialogar melhor com a proposta que se sente estar mais no cerne das canções e das idéias fora das linhas, das regras e dos padrões de comportamento das sociedades de agora e de antes. "

Marina em nossa comunidade no orkut manifestou : "Eu não me canso!"

Penso que componho algo que é necessário paciência pra compreensão, pois o fundamental não está no explicíto, mas no detalhe, na frase escondida no meio da zona, do caos.
Não me importo se alguns acham cansativo, pois foram "adestrados" nessa cultura veloz de pouco pensar, em que o cara tem acesso a tudo, mas não dedica plena atenção a nada (esse é um dilema da "INFERNET"- expressão do Millôr Fernandes).
Já li uns dizerem que acham Tom Zé "um saco", o Júpiter "irritante", Luiz Tatit "cerebral demais" e outros tantos gênios foram incompreendidos ou catalogados antes de ter uma "chance" de análise.
Tudo bem. Não sou um gênio- sou um japonês (pra roubar a idéia do Tom Zé...)

Não componho pra moda da semana: o meu foco é a eternidade.


É como o Pablo Kossa me disse uma vez: "fica tranquilo, Diego", pois, segundo ele, as pessoas ao falarem falam mais do universo delas do que de mim, propriamente.

A questão fundamental é respeitar o universo de cada um.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Jambolada 2008, segundo Rolling Stone

Ler texto de Bruna Veloso, em:

http://www.rollingstone.com.br/materia.aspx?idItem=3490&titulo=Ratos+ofusca+Mallu&Session


Sobre nós diz:

"No palco 2, Mallu é sucedida por outro talento precoce. O som de Diego de Moraes (que, hoje aos vinte e poucos anos, começou a compor ainda adolescente) e o Sindicato é muito mais pesado ao vivo do que no EP Reticências. Um pouco de folk, guitarras rasgadas e sons sampleados somados a letras divertidas (“Música Estranha”, “Amigo”) fazem de Diego e seus companheiros uma das boas bandas da noite."

domingo, 14 de setembro de 2008

Hoje (música de Taiguara)

Hoje "HOje" faz total sentido:

"HOJE

Composição de: Taiguara

Hoje
Trago em meu corpo as marcas do meu tempo
Meu desespero, a vida num momento
A fossa, a fome, a flor, o fim do mundo...

Hoje
TRAGO NO OLHAR IMAGENS DISTORCIDAS
Cores, viagens, mãos desconhecidas
Trazem a lua, a rua às minhas mãos,

Mas hoje,
As minhas mãos enfraquecidas e vazias
Procuram nuas pelas luas, pelas ruas...
Na solidão das noites frias por você.

Hoje
Homens sem medo aportam no futuro
Eu tenho medo acordo e te procuro
Meu quarto escuro é inerte como a morte

Hoje
Homens de aço esperam da ciência
Eu desespero e abraço a tua ausência
Que é o que me resta, vivo em minha sorte

Sorte
Eu não queria a juventude assim perdida
Eu não queria andar morrendo pela vida
Eu não queria amar assim como eu te amei."

Obra em Progresso: Blog de Caetano Veloso

Acabei de chegar de Uberlândia (depois escrevo sobre a experiência no Jambolada, pois preciso que o cérebro processe o que o coração vivencia). Amo Uberlândia- e amar implica contradições, que eu, enquanto personagem kafkiano ainda não consegui resolver.

Enquanto isso, pra acalmar a alma e atiçar a mente, leio aqui o Blog do novo projeto de Caetano:

http://www.obraemprogresso.com.br/2008/08/28/marginal-pinheiros/

Nesse texto, em que ele polemiza com a Folha e com Estadão, é bem categórico:

"O Brasil de Tom, que é o Brasil que precisa estar à altura da bossa nova, cresce para fora e para longe do Brasil dos débeis de cabeça e de coração."




(pra quem não viu a entrevista dele no Jô: tem no youtube)


http://www.youtube.com/watch?v=xuVnyOhyxow

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Blog de Antonio Guerreiro

Pesquisando algumas coisitas aqui na net achei esse blog fantástico, com altas fotos doidas e históricas, tirados por Antônio Guerreiro:

http://antonioguerreiro1.blogspot.com/


Alguns exemplos das preciosidades:

O "Poetinha":


Secos e Molhados:


O "Anjo Pornográfico":



Bela foto dos "baianos":


Maysa (logo, logo, mini-série sobre ela!)




Niemeyer:

Panorama 2009: 50-26 Apostas (Revista O Grito)


Agora que fui ver... Mas saiu no dia 10 de junho esse PANORAMA 2009 de 50 APOSTAS pela Equipe da Revista O Grito:

http://www.revistaogrito.com/page/10/06/2008/panorama-2009-50-20-apostas/


"Listas costumam ser atraentes porque se propõem a falar de um tema, ou de vários, em um determinado número de itens. Um ranking, se não definitivo, pelo menos nos dá a ilusão de uma certa limitação. Um ponto final em certas questões, mesmo que questionável. Mas esse, contudo, não é o caso das apostas que o internauta verá descendo a barra de rolagem. Fizemos uma lista grande, com 50 apostas para o próximo ano. Gente que está fazendo coisa legal, mas que ainda não recebeu a devida atenção.

Na seleção estão pessoas, profissionais e artistas em que acreditamos. Gente cujo trabalho merece ser visto como inspiração para outros artistas. A lista envolveu toda equipe em uma série de discussões sobre qualidade, estética, tendências, vocação e talento. Nos lançamos a essa tarefa de fazer futurismo com motivo não de classificar, de enumerar, ou de dizer que um é melhor que outro. Pelo contrário! Tudo é fruto de trabalho e busca por momentos de descontração, motivação para melhor se dedicar à vida em vários aspectos.

Aos leitores, no nosso aniversário de 1 ano, a lista de nomes que apostamos para 2008-2009."



(...)
Tem muita coisa que ainda não conheço. Lá fala até do 45 Bazar Pamplona, que é uma banda elogiada pelo meu amigo Bruno Paiêro, de Franca (que também toca nos Filhos de Maria e Madalena):



" www.myspace.com/bazarpamplona

À Espera de Nuvens Carregadas é o primeiro disco do Bazar Pamplona, rock psicodélico que, além de cair na graça do público, não cai na chatisse barata da maioria das bandas com mágoa de Mutantes."



(...)
Fala do Jonas Sá, que conheci no último Bananada... (e nos prometemos de escrevermos algo juntos):

"www.myspace.com/jonassah

Depois de Anormal, seu trabalho de estréia, Jonas Sá conseguiu o mérito de subverter a música popular brasileira sem sair dela. E junto a nomes como Rubinho Jacobina e Roberta Sá, mostra o vigor da nova música carioca."



(...)

e fala da gente:

"
31
Diego de Moraes e o Sindicato
{ www.myspace.com/diegodemoraes

Diego captura o ouvinte pelo inusitado. Vindo de Goiás, ele planeja levar seu folk-rock experimental para vários lugares do país. É uma das bandas mais comentadas pela cena independente atual."Coletânea O Coletânea O GritoGrito



Bom. Relembrando: estamos na coletânea da Revista O Grito:

Coletânea O Grito - Ano Um (64mb)
Link para download: http://www.reciferock.com.br/?dl=18

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Algumas das últimas notícias

Passou matéria sobre o Vaca Amarela na Mtv (e passa um trecho do show dos Filhos de Maria e Madalena):

http://blip.tv/file/1249695

E no último dia 08 saiu matéria no programa Radiola da TV CUltura sobre o Móveis Convida que participamos:

http://www.youtube.com/watch?v=GMgl-3No8Hk&feature=user


e...hOje no Diário da Manhã saiu uma nota sobre a indicação da gente, do Sindicato, ao Prêmio Dynamite:




Na sexta (dia 05) saiu uma matéria sobre o Vaca no O Popular e essa no Diário da Manhã também:



NO O Popular saiu essa matéria:

Link:
http://www.goiasnet.com/musica/cul_report.php?IDP=8889

04/09/2008 | 22:38 [voltar]
Festival Vaca Amarela não quer ser apenas rock
O Popular

Wander Wildner: “punk brega” na primeira noite do festival

Edson Wander

Um dos filhotes dos festivais da Monstro (Bananada e Goiânia Noise), o Vaca Amarela é o que mais cresceu na capital. Cresceu apostando na diversificação musical e não só roqueira. Sua sétima edição neste fim de semana será a maior de sua curta história e de programação mais elástica, com artistas de fora da cena roqueira fechando as duas noites, sexta e sábado, no Centro Cultural Martim Cererê. Entre os convidados a fechar uma das noites está o guitarrista Lanny Gordin, músico que acompanhou grandes nomes da MPB e que voltou à ativa depois de duas décadas de ostracismo.

Em meio às 36 atrações do festival, a produtora Fósforo Cultural organizou um palco exclusivo para a música popular brasileira, onde se apresentarão grupos que se dedicam ao gênero conhecido pela sigla MPB e o Alma Brasileira, grupo de chorinho capitaneado por Oscar Wilde. O rap também terá vez no festival.

Nesta sexta terá o mato-grossense Linha Dura, um projeto do rapper Paulo Fagner com o DJ Taba que em Cuiabá costuma contar com o reforço da banda Macaco Bong. Mas no Vaca Amarela, Fagner e Taba contarão apenas com o apoio de um baterista para soltar a rima sobre diferentes temas afeitos ao hip hop mas também à cultura cuiabana. O Linha Dura deve mostrar as músicas de seu novo CD, O Caminho da Resistência (Tchapa e Cruz).

Sábado é o rap goiano que dá as cartas no gênero com MC Dyskreto. Depois de lançar um disco (Mix Tape 3) distribuído em escolas públicas de Goiânia (pelo caráter de defesa da criança e do adolescente das letras), Dyskreto tem trabalhado no projeto Brasilidade, que consiste em fundir a música brasileira na batida do rap.

Abertura
A abertura do festival nesta sexta destacará a banda goiana Diego de Moraes e o Sindicato, os cariocas do Autoramas e o gaúcho “punk brega” Wander Wildner. Antes deles, 13 bandas de vários Estados (uma, Vudú, da Argentina) se revezam nos dois palcos fechados do Cererê e mais duas no Palco Música Brasileira,na área externa do centro cultural.

Diego de Moraes e o Sindicato é o projeto do cantor e compositor Diego de Moraes que virou banda. Com um combinação de música brasileira e pitadas de folk rock, Diego tem sido associado a Raul Seixas (1945-1989). A banda lançou no ano passado um EP, Reticências, com as composições que já vinha destacando em festivais do circuito independente de Goiás e outros Estados.

As outras duas atrações principais da noite (confira programação no quadro) são figuras bem conhecidas da cena musical indie. Wander Wildner está lançado La Canción Inesperada, nova compilação de canções de um rock iconoclasta, em que cabe de tudo um pouco, mas preferencialmente uma conjunção de Ramones com Waldick Soriano (morto ontem aos 75 anos).


Não à toa, o próprio Wildner diz que faz “punk brega”. Fechando a primeira noite do Vaca Amarela, ele “y sus comancheros” devem recuperar outras faixas da carreira, algumas hinos da cena alternativa, como Bebendo Vinho (já gravada pelo Ira!), Amigo Punk e Eu Acredito em Milagres.

A banda Autoramas deve mostrar faixas da carreira e de seu último disco, Teletransporte, lançado pelo selo Mondo 77 . Com 14 novas faixas, o disco foi produzido por Kassin e Berna Ceppas, mas manteve a pegada de surf rock de guitarras ágeis e sujas em uma conjunção de melodia retrô e vocais derramados. A Autoramas nasceu há 11 anos do encontro de músicos conhecidos da cena roqueira da alternativa. Com Gabriel Thomaz (guitarra e voz) à frente e Bacalhau (bateria), o grupo sempre teve mulheres no baixo (agora Flávia Couri).

Sábado, o fechamento terá uma lenda da guitarra brasileira, Lanny Gordin (leia abaixo), mais o quarteto paulista Forgotten Boys e os goianos da Technicolor. Quinteto que destaca duas guitarras e a cantora e flautista Sarah Alencar, a Technicolor foi formada em 2004. No ano seguinte lançou pelo selo Be Acid o EP Madagandanzza, com quatro faixas cantadas em inglês.

Para o festival, o grupo deve fazer uma prévia de seu primeiro CD cheio, Cleviceps Purpurea. Quem também vem de disco novo para o festival é a Forgotten Boys, com Louva-a-Deus, que chega ao mercado como CD na próxima semana, mas já pode ser ouvido na íntegra pela internet (no site Myspace). Produzido por Apollo 9 e Roy Cicala, o CD é de novo uma deferência de Zé Mazzei, Flávio Cavichioli, Chuck Hipolitho e Gustavo Riviera ao punk rock à moda de Ramones e Stooges.

PROGRAMAÇÃO

SEXTA-FEIRA (05)
18h30 - Madame Butterfly e o Burlesco
19h00 - Phantoche (Pirenópolis-GO)
19h30 - Gloom
20h00 - Juana Barbera (MG)
20h30 - WC Masculino
21h00 - Goldfish Memories
21h30 - Mezatrio (AM)
22h00 - Porcas Borboletas (MG)
22h30 - Rollin’ Chamas
23h00 - Mugo
23h30 - Daniel Belleza e os Corações em Fúria (SP)
00h00 - Black Drawing Chalks
00h30 - Linha Dura (MT)
01h00 - Diego de Moraes e o Sindicato
01h30 - Autoramas (RJ)
02h15 - Wander Wildner (RS)

Palco Música Brasileira
20h00 - Vida Seca
21h00 - Filhos de Maria e Madalena

SÁBADO (06)
18h30 - Johnny Alfredo e seus Neurônios Mongóis
19h00 - Descuido Zero (Catalão-GO)
19h30 - Baba de Mumm-rá (TO)
20h00 - Hey Hey Hey (RO)
20h30 - Perfect Violence
21h00 - Toró de Palpite (DF)
21h30 - Terra Celta (PR)
22h00 - Yglo
22h30 - MC Dyskreto
23h00 - Devotos NSA (SP)
23h30 - Cabaret (RJ)
00h00 - Orquestra Abstrata
00h30 - Vudú (Argentina)
01h00 - Technicolor
01h30 - Lanny Gordin (SP)
02h15 - Forgotten Boys (SP)

Palco Música Brasileira
20h00 - Cega Machado
21h00 - Alma Brasileira

Evento: Festival Vaca Amarela
Data: Sexta-feira (05) e sábado (06), a partir das 18h30
Local: Centro Cultural Martim Cererê (Rua 94-A, St. Sul)
Ingressos: R$ 20 (por noite) e R$ 30 (passaporte para as duas noites)
Postos de venda: lojas Ambiente Skate Shop e Hocus Pocus
Classificação etária: 16 anos
Mais informações: www.fosforocultural.com.br
Ah! Na última quinta-feira arrumando meu quarto encontrei uma letra que eu nem lembrava mais. A noite no ensaio tocamos ela pela primeira vez e já metemos ela no show de sexta no Vaca.
Depois do show eu estava destruído sentado num canto (depois de fazer meu primeiro show pedalando) e uma menina viu que a letra foi escrita no dia do aniversário dela (e que foi a música que ela mais gostou):
"Vê se me esquece"


terça-feira, 9 de setembro de 2008

Festival Varadouro 2008

Notícia Boa:
tocaremos no Acre!


Ver em:


http://coletivocatraia.blogspot.com/2008/09/festival-varadouro-escalao-de-bandas.html



"O Festival Varadouro já está batendo a porta, dia 26 e 27 acontecem as apresentações musicais no palco montado no Estacionamento da Arena da Floresta. Para quem está morrendo de curiosidade para saber quais são as bandas, locais e de fora, que vão empunhar suas guitarras, baterias, flautas e os mais diversos instrumentos para fazer todo tipo de som nesta quarta edição do Festival, uma boa noticia: sai agora a escalação oficial do Festival Varadouro."



Sábado 27/09
Ashaninkas (Apresentação especial da nação indígena – AC)
Hey, Hey, Hey (RO)
Silver Cry (AC)
Calango Smith (AC)
Cabocrioulo (AM)
Diego de Moraes e o Sindicato (GO)
Nicles (AC)
Linha Dura (MT)
Bareto (PERU)
Los Porongas (AC)
Cordel do Fogo Encantado (PE)

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Festival Jambolada 2008

Estaremos no próximo sábado, em Uberlândia:

http://www.jambolada.com.br/


13/09, sábado, na Acrópole

Palco 1
20h - Transmissor (BH-MG)
21h - Krow (UDI-MG)
22h - Dissidente! (UDI-MG)
23h - Mallu Magalhães (SP)
0h30 - Porcas Borboletas (UDI-MG)
1h45 - Ratos de Porão (SP)

Palco 2
20h30 - Galinha Preta (DF)
21h30 - Juanna Barbera (UDI-MG)
22h30 - Enne (BH-MG)
0h - Diego de Moraes e o Sindicato (GO)
1h - Madame Saatan (PA)

sábado, 6 de setembro de 2008

Diego de Moraes e o Sindicato no Prêmio Dynamite

Diego de Moraes e o Sindicato é indicado ao Prêmio Dynamite de Música Independente 2008 na categoria Revelação:

http://www.premiodynamite.com.br/site/indicados.cfm#

O Sindicato conta com o seu voto para dar continuidade ao trabalho desenvolvido ao longo de todos esses anos.

Para votar, acesse:

http://www.premiodynamite.com.br/site/comovotar.cfm

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Falece outro herói (Waldick Soriano)

Outro herói, homenageado junto com Odair José, no livro (que foi o melhor que li esse ano, até agora): "Eu não sou cachorro, não", falece na última quinta-feira.

http://www.editorarecord.com.br/detalhe.asp?titulolivro=2352&pagina=&nPaginas=1&busca_tipo=A&busca_palavra=araujo


"Artistas considerados bregas — como Odair José e Waldik Soriano — sempre apareceram no topo da lista de mais vendidos. Veiculados nas rádios, freqüentavam os programas de auditório, mas não receberam o devido respeito e espaço em livros e teses, pois freqüentemente eram associados à ditadura militar. Em EU NÃO SOU CACHORRO, NÃO, o historiador Paulo César de Araújo preenche essa lacuna na historiografia da música popular brasileira e mostra como as figuras mais demonizadas por aderirem à cultura oficial durante os anos de chumbo, na verdade, foram tão ou mais perseguidas pelo regime quanto os artistas de esquerda".


####################################################################


Estou curioso há um certo tempo já pra ver o documentário que a Patrícia Pillar fez sobre Waldick. Informação sobre sua morte em:


http://oglobo.globo.com/cultura/mat/2008/09/04/morre_aos_75_anos_waldick_soriano_cantor_sera_sepultado_sexta_no_rio-548084165.asp


"Morre aos 75 anos Waldick Soriano.

Cantor será sepultado sexta, no Rio

Publicada em 04/09/2008 às 21h02m
O Globo Online, O Globo e GloboNews TV

Waldick Soriano era um ícone do gênero brega

RIO - Morreu na madrugada de quinta-feira o cantor e compositor Waldick Soriano, de 75 anos, que estava internado desde domingo em estado grave no Hospital do Câncer, em Vila Isabel, Zona Norte do Rio. Waldick Soriano tratava há dois anos um câncer na próstata. Ele estava em coma e respirava com a ajuda de aparelhos. O corpo do músico está sendo velado na Câmara dos Vereadores do Rio e vai ser sepultado nesta sexta-feira no Cemitério do Caju. "

Eu, mamãe e Odair

Não nego que uma grande escola musical na minha vida foi minha própria mãe, que varre a casa cantando músicas que a emocionam.

Na última terça (02/09) tive o privilégio de ver, com a minha mãe, um show de graça do Odair José no Flamboyan In Concert. Fazia tempo que não saíamos juntos; logo, foi emocionante ver com ela Odair transparecendo honestidade artística com seu "jeito meio sem jeito"... Cantávamos alto suas músicas, enquanto poucas pessoas ao nosso redor conheciam realmente o repertório dele.
Abriu o show com "A Noite mais linda do mundo", para aqueles que sabem que a felicidade não existe, o que existem são momentos felizes. De segundinha jogou "Vou tirar você desse lugar".
Na quarta música Odair chama João Marcelo e diz que já cantou com ele no projeto "NOites Goianas". João cantou uma música de seu repertório que diz algo assim: "de nós 2 o melhor sou eu".
Depois Odair cantou com João Marcelo a mensagem para as empregadas domésticas: "Deixe essa vergonha de lado".
Ainda cantou com Nila Branco uma das melhores de seu repertório: "Eu, você e a Praça":

Encostei o meu corpo no seu
E um novo desejo nasceu
Entre nós dois
Seus carinhos me deixavam louco
Nosso tempo era curto e tão pouco
E deixamos pra depois
Um longo silêncio entre nós
A sua presença calou minha voz
Tanta coisa eu tinha guardado
Pra lhe dizer
Mas não disse nada
"

Foi muito bom o show, só foi meio triste ver esse compositor, que já quase foi excomungado, que sofreu tanto com a "censura moral" (conforme relata o livro "Eu não sou cachorro não!") ali cantando com o "clube do pequi".
Sou fã de Odair. Passei a tarde toda, de terça, escutando suas músicas.
No Fim do show entreguei pra ele um ep meu ("Reticências") e disse que cito-o na minha música "Desculpe-me, mas vou cantar em português" e falei que seu disco "O Filho de José e Maria" é o meu favorito e considero-o uma obra prima. Acho uma injustiça esse disco não ter sido resmasterizado pra cd...

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Odair José é homenageado no Flamboyant In Concert

http://www.goiasnet.com/ultimas/ult_report.php?cod=363519



Odair José é homenageado no Flamboyant In Concert
Goiasnet.com
No próximo dia 2 de setembro, a partir das 19 horas, o Flamboyant In Concert faz uma homenagem ao cantor e compositor goiano Odair José. No palco, Odair interpreta suas músicas com cantores goianos, que criaram novos arranjos para as suas canções.

Nila Branco, Marco Antonini, Tom Cris, Fabiano Cambota (integrante da banda Pedra Letícia) e João Marcelo vão mostrar para o público goianiense sucessos que ganharam o Brasil na voz do artista, entre eles "Vou tirar você deste lugar", "A Pílula" e "Foi tudo culpa do amor". Com Nila Branco, por exemplo, Odair José vai cantar "Eu, você e a praça".

Gregorio Stillo, gerente de marketing do Flamboyant, conta que a proposta do show é mostrar aos freqüentadores do shopping um pouco da carreira de Odair José. "Além de dedicarmos uma noite para prestigiar os talentos goianos, teremos a oportunidade única de comprovar como as canções de Odair José ultrapassaram barreiras e ao longo dos anos, foi conquistando um público cada vez mais eclético", destaca.

E, por ser uma noite especial para a música goiana, os artistas também irão cantar músicas próprias como "Já foi Tarde" de João Marcelo, "Só vocês" de Tom Chris, "Revolução" de Fabiano Cambota e "Chama" de Nila Branco.

Serviço:
Data: 2 de setembro, terça-feira
Horário: 19h
Local: Praça 2
Entrada franca

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Show do Umbando



O Baterista do Sindicato (Rogério Pafa) também toca no Umbando, que tocará amanhã(dia 02/09):

Show do Umbando no dia da inauguração da nova Livraria da UFG no Campus e lançamento de dois livros. Um dos livros é do Zècésar, um Livro de Arte : 'Metrópolis'.Compareçam e divulguem. Terça-feira agora- de grátis.

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Blog do Cleuber (criador da banda "Arroz Integral")


Tive o privilégio de conhecer muita coisa (bandas, idéias, hqs, amigos, etc.) através de cartas. Um mundo foi-me apresentado via-correio.
O contato com o universo dos fanzines foi minha porta de entrada no "underground". Isso devido meu interesse por quadrinhos, mas dentro dos envelopes sempre vinham "flyers" (na época eu nem sabia que diabo era isso!), que me proporcionaram conhecer uma cultura musical, que não toca na rádio.

Entre os zines mais queridos destaco o "Boca Suja" (do Laerçon), o Fatherzine (sobre Hendrix) e o QI (do Edgard Guimarães), que é um catalizador.

Entre vários zines guardo com carinho a revistinha do Arroz Integral em Seatle. Arroz Integral é uma criação do Cleuber e trata-se de uma banda-grunge-doidêra que "frita" em tiras ducaralho, que circularam em vários zines há alguns anos atrás!

Então. Acabei de receber um scrap no orkut informando do blog do Cleuber, que trará várias publicaçoes diárias, alem do Arroz Integral.


Vale a pena conferir:


http://www.cleubercristiano.blogspot.com/






:)

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Senhor Antonin Artaud

"Quem sou eu?
De onde venho?
Sou Antonin Artaud
e basta que eu o diga
Como só eu o sei dizer
e imediatamente
hão de ver meu corpo
atual,
voar em pedaços
e se juntar
sob dez mil aspectos
diversos.
Um novo corpo
no qual nunca mais
poderão esquecer.

Eu, Antonin Artaud, sou meu filho,
meu pai,
minha mãe,
e eu mesmo.
Eu represento Antonin Artaud!
Estou sempre morto.

Mas um vivo morto,
Um morto vivo.
Sou um morto
Sempre vivo.
A tragédia em cena já não me basta.
Quero transportá-la para minha vida.

Eu represento totalmente a minha vida.

Onde as pessoas procuram criar obras
de arte, eu pretendo mostrar o meu
espírito.
Não concebo uma obra de arte
dissociada da vida.

Eu, o senhor Antonin Artaud,
nascido em Marseille
no dia 4 de setembro de 1896,
eu sou Satã e eu sou Deus,
e pouco me importa a Virgem Maria."




(Antonin Artaud)

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Jorge Braga no Projeto Homenagem

Jorge Braga no Projeto Homenagem


O Projeto Homenagem, do bar Escritório do Chefe e da Secult, homenageia dia 26 de agosto, terça-feira próxima, o cartunista Jorge Braga. O humorista e homem de cultura Jorge Braga, que todo goiano se habituou a encontrar diariamente nas páginas do jornal O Popular, com suas tiradas geniais, é um dos grandes nomes da cultura em Goiás e, sem dúvida, merecedor de todas as homenagens.

Jorge, além do humor, acaba atuando em várias frentes. Durante o Carnaval, colabora com a folia goianiense, comandando o Bloco Zeferino. Criou o Salão do Humor de Goiânia. Faz palestras em escolas. E já foi enredo da Escola de Samba Lua Alá. Só para lembrar: com o tema Jorge Braga, a Lua Alá foi campeã do Grupo A, no desfile das Escolas de Goiânia. Da homenagem, participam amigos de Jorge, de áreas diversas.

O Projeto Homenagem é uma realização do Escritório do Chefe, em parceria com a Secretaria de Cultura de Goiânia. O evento acontece entre 20h e 22h e é aberto para quem quiser participar.

Serviço:

Projeto Homenagem: homenagem ao cartunista Jorge Braga

Dia: 26 de agosto

Horário: das 20h às 22h

Local: bar Escritório do Chefe

Endereço: Rua 22, esquina da Rua Rui Brasil Cavalcante, Setor Oeste, próximo ao Extra

Entrada franca

Informações: Carlos Brandão (produção): 9977-0378; e Adélcio Alves (bar): 8161-6777

Telefone do Jorge Braga, para entrevistas: 9973-2951




--
Alessandra Alves
alealvescultura@gmail.com
(62) 3524-2542
(62) 9299-3141