segunda-feira, 25 de maio de 2009

Arre-Pio no blog do Túlio

O brother Túlio Moreira postou hoje no blog dele um texto sobre Pio Vargas,
referente a uma reportagem publicada no Jornal Opção
de 24 a 30 de maio de 2009.

link:

http://tuliomoreira.blogspot.com/2009/05/pio-vargas.html


Copio aqui um trecho da matéria que consta depoimento do Brandão, fala da admiração de Pio por Leminski e de minha admiração por Pio:


Pio era um leitor voraz e pioneiro. Apresentava livros de diversos autores, como o curitibano Leminski, a seus amigos. Conseguia discutir sobre literatura nacional e internacional, clássica e contemporânea. “O Pio gastava todo seu salário comprando livros, mas não mantinha pose de intelectual”, revela Brandão. O poeta era admirador da obra de Leminski, divulgava os livros do curitibano em Goiás e chegou a ser apontado por ele como um de seus sucessores na produção de poesia explosiva e irreverente.

“Já não saio por aí
a devorar compromissos,
tomei posse no governo de mi mesmo
e derrotei os meus omissos.”

Brandão conta, entusiasmado, que os jovens estão descobrindo a obra do poeta goiano. “Sempre encontro o Diego de Moraes e a gente conversa sobre os poemas do Pio”, diz. Cantor e compositor, Diego de Moraes, de 23 anos, ficou atônito depois de ter tido contato com o legado de Pio, a ponto de comprar todos os livros do poeta que eram oferecidos na Internet. Devorou “Anatomia do Gesto” (1989) e “Os Novelos do Acaso & O Ofício de Afagar Efêmeros” (1991) e agora está atrás dos livretos das edições Divagar e Sempre e PN (Porranenhuma). Pio utilizava edições xerocadas para divulgar sua poesia e de novos autores do estado. O cantor já usa a expressão “arre-Pio”, criada por Brandão, para se referir ao poeta. “Para mim, ele é mais que um ‘poeta goiano’. É um poeta universal. Sinto inquietações filosóficas em sua poesia”, sintetiza Diego.

Um comentário:

Túlio Moreira Rocha disse...

vamo q vamo kra!

com o interesse crescente do pio, vamos ter acesso mais fácil à obra dele!!!

abração!