terça-feira, 4 de outubro de 2011

Entrevista para a revista Rockazine #3!

Oi, prezado leitor (ouvinte)!
Acabou de sair do forno a revista "Rockazine" #3, um projeto de vida de Karina Francis, uma jornalista de São Paulo, apaixonada por seu ofício - paixão tal que pode ser conferida no cuidado em que ela teve para editar a revista com muita qualidade, tanto no conteúdo dos textos, quanto no projeto gráfico!



Que capa elegante!


Tive a felicidade de conceder uma longa entrevista para ela, juntamente com o Eduardo Kolody (guitarrista do Sindicato e da Orquestra Abstrata), passando por vários assuntos: desde a nossa estrada na música até os conflitos e desafios do músico independente, hoje. 


Foto por: Camila Leite (Ksnirbaks)


Para baixar a revista, em PDF, é só clicar no link à seguir:


http://www.sendspace.com/file/kvm6bv


E, depois, é só acompanhar a nossa reflexão 
e o restante da Rockazine 
(que também traz as bandas Hierofante, Aeromoças e Tenistas Russas, Móveis Coloniais de Acaju e W-rou...e várias reportagens, quadrinhos e artigos recheando essa publicação interessantíssima!).



Muito bacana tanto essa entrevista - como a da semana passada (para o blog do casal Lalio) - que, além de informar, para quem não me conhece, sobre o meu trabalho; ainda permite a quem já me acompanha saber um pouco mais sobre a nossa luta para levar nossa música adiante (e "eu tenho que ir adiante", como cantava Sá, Rodrix & Guarabyra!).
Vou guardar essa entrevista com carinho, pois toca em vários pontos polêmicos e significativos para se pensar a música hoje. E documenta minha forma de pensar sobre a época que integro e que possibilita a minha expressão artística. 



Em um determinado momento da entrevista eu digo que me faço a pergunta cruel do Rogério Skylab: "E você vai continuar fazendo música?" 





"Sim", respondo. Pois, como completo, não consigo mais parar.
E, dependendo do apoio de pessoas como Karina Francis, que se propõe à analisar e incentivar o meio de música alternativo... não vou parar tão cedo.
Valeu aí pela atenção. ;)

2 comentários:

Karina Francis disse...

O mais interessante da entrevista, é que tanto Diego quanto Eduardo, abordaram assuntos polêmicos, sem medo, sem chapas brancas. É extremamente prazeroso pegar um material e ver que tudo que está dito ali representa a ideologia verdadeira de um grupo. Obrigada por concederem uma das melhoras entrevistas que já fiz!

Artur disse...

Muito boa a entrevista...

Parabéns pelo trabalho, espero poder ver um show de vcs aqui em São Paulo...